ONG Cão Viver

Blog Cão Viver

Adestramento X Terapia Comportamental
Publicado em 14 de novembro de 2015

O convívio dos seres humanos com os cães é considerado um dos mais estreitos e intensos entre espécies diferentes. Na maioria das vezes, esses cães são considerados parte da família, porém, quando têm um comportamento inadequado, muitas vezes são abandonados pelos donos, que não conseguem entender o comportamento e a cabeça do seu bichinho de estimação e preferem abandoná-lo ao invés de procurar ajuda profissional.  

Alguns dos principais problemas de comportamento reportados são:

  • Agressividade

A agressividade pode ser contra pessoas, outros cães ou outras espécies de animais. A causa da agressividade é muitas vezes devido à tensão que esse animal sofre, podendo ser emocional, dor, ambiental etc.  

  • Ansiedade da Separação

Essa ansiedade é causada devido à separação do animal de seu dono, como quando são deixados sozinhos em casa. Na maioria das vezes, a ansiedade resulta em comportamentos destrutivos, vocalizações excessivas, defecações e micções inapropriadas.

  • Comportamentos Destrutivos

Esse comportamento é resultado, geralmente, de um espaço limitado para o animal ou devido à ansiedade da separação.  

  • Eliminações Inapropriadas (Fezes e Urina)

O distúrbio de eliminação das fezes ou urina em lugares inapropriados pode ser resultado também da ansiedade da separação, assim como da procura de atenção ou marcação do território, que é mais comum no caso dos machos que não foram castrados quando filhotes.

Quando um animal de estimação se encontra com algum desses problemas, é imprescindível uma consulta veterinária para que o profissional possa analisar qual a real necessidade do animal. Às vezes, o dono procura um serviço de adestramento, quando na verdade o animal está precisando de uma Terapia Comportamental.

O adestramento é o emprego de técnicas para ensinar o animal a responder perante um determinado comando ou gesto. Sendo muito úteis no dia a dia, como, na hora de passear, ele andar junto ao dono ou quando uma visita chega e ele não sobe no sofá pulando na visita e querendo chamar atenção. Porém, nem todo cachorro aprende a se comportar de maneira adequada apenas com o adestramento.

Portanto, quando o mau comportamento do animal está relacionado a problemas psicológicos ou até mesmo a desequilíbrio emocional, a terapia comportamental é essencial para que o animal se comporte de maneira adequada e seja feliz com o seu dono. Nela, não são utilizados comandos, o mais importante na terapia comportamental é o entendimento da psicologia canina. Além dessa avaliação psicológica, são avaliados também o comportamento do dono e o ambiente onde o animal vive. Com a avaliação desses três fatores, é possível descobrir a causa do mau comportamento do animal. E, atuando na causa, é possível corrigir o problema de maneira definitiva.  

A maioria dos problemas de mau comportamento dos animais de estimação ocorre devido à falta de entendimento do dono sobre a psicologia canina. Os cães estão sendo cada vez mais humanizados, porém não devemos nos esquecer de que o comportamento canino difere do comportamento humano em diversos aspectos.

Portanto, quando tiver problemas com o seu mascote, analise a situação melhor e procure, antes de tudo, um veterinário. Esse profissional pode te dar uma noção sobre o porquê do mal comportamento do seu animal e a quem recorrer: se somente um adestramento irá resolver, ou se ele o que ele precisa mesmo é de uma terapia comportamental.

Autora: Ana Reis

Share
Sobre

O Blog da Cão Viver tem a intenção de trazer conteúdo informativo e dicas aos donos de pets e apoiadores da causa animal. Aqueles que já têm um animalzinho ou pensam em adotar, encontrarão semanalmente diversas informações, que vão desde dicas de saúde e comportamento, até discussões sobre as notícias mais recentes dentro do mundo animal. Boa leitura!


Busca

Últimos posts
Topo

Rua 1º de Maio, 165 - Bairro Braúnas - CEP: 32.186-429 - Contagem / MG
Visitas e adoções: 3a, 5a e 6a, das 14h às 16h; sábado, das 13h às 16h / Consultas: de 2ª a sábado, das 9h às 12h e das 14h às 16h

2D Comunicação Impressa e Digital